6 principais formas de pagamento para usar em seu e-commerce

Um dos fatores mais importantes para um e-commerce gerar mais vendas é o bom desempenho das formas de pagamento oferecidas. Afinal, os consumidores têm se tornado cada vez mais exigentes e encontrar uma forma de pagamento para a qual não está preparado é um erro, já que pode ser o bastante para que ele procure a concorrência.

E você não quer que isso aconteça com o seu negócio, certo? Então, nos acompanhe e conheça as principais formas de pagamento para e-commerce e os benefícios que elas podem trazer. Boa leitura!

O que deve ser considerado ao escolher as formas de pagamento do seu e-commerce?

Alguns critérios devem ser considerados ao selecionar quais formas de pagamento serão inseridas na sua loja virtual. A seguir, listamos as mais importantes:

Comodidade

Na hora de comprar online em uma loja virtual, uma das primeiras coisas que o consumidor pensa é o quão fácil será usar o sistema de pagamento oferecido. Afinal, é frustrante iniciar uma compra e não conseguir concluí-la.

Se a opção disponível no seu site dificultar a experiência do usuário, é preciso buscar outra opção. Por isso, o ideal é implementar mais de uma forma de pagamento e conferir quais são as preferidas por seus clientes, além de você mesmo realizar simulações, a fim de ver quais funcionam melhor.

Ao realizar esses testes, lembre-se de checar também a performance em aparelhos móveis, pois boa parte das pessoas faz compras online usando o celular. Logo, seu sistema de pagamento deve ser otimizado para esses tipos de dispositivo também.

Acessibilidade

A acessibilidade dos meios de pagamento é outro ponto a ser levado em consideração, sobretudo se você vender dentro e fora do país. Nestes casos, é preciso escolher opções que sejam aceitas internacionalmente.

O Paypal costuma ser o mais utilizado pela praticidade e por ser um dos sistemas mais conhecidos no mundo inteiro. Sempre leve em conta os meios de pagamento mais utilizados pelo seu público.

Opções para pagamento e retirada

Alguns sistemas de pagamento oferecem a opção de solicitar as parcelas numa única vez, enquanto outros podem possibilitar cobranças regulares. Ao escolher um meio de pagamento para o seu negócio, ele precisa estar claro para que atenda bem a sua necessidade.

Por exemplo: uma empresa que oferece a assinatura de serviços online precisa se certificar que seus clientes poderão usar o sistema para realizar o pagamento periodicamente. Se não houver essa opção, não serve.

Saber quais tipos de bandeiras de cartão são aceitas também é importante, assim como opções de parcelamento e se boletos também estão disponíveis. Todos esses pontos devem ser levados em consideração antes de adquirir uma solução de meios de pagamento para o seu e-commerce.

Além de o cliente ter facilidade na hora de pagar, você também precisa receber os pagamentos de maneira prática. Para isso, descubra quais são as opções disponíveis, o tempo que leva para fazer a transferência e quais taxas estão incluídas no serviço. Afinal, esses valores devem apontar quanto dinheiro entrará no seu caixa a cada venda feita.

Quais são as principais formas de pagamento para e-commerce?

As formas de pagamento escolhidas terão impacto direto nas suas vendas. Por isso, sua escolha deve ser feita de forma estratégica visando praticidade e satisfação, tanto para o seu cliente quanto para o seu negócio.

Assim, o recomendável é que sua loja virtual tenha o maior número possível de opções de pagamento, a fim de que ao menos uma delas seja escolhida pelo visitante da sua loja de modo a aumentar as vendas e diminuir o abandono do carrinho de compras. Descubra, a seguir, as principais opções:

1. Boleto

Por mais que essa pareça ser uma opção defasada, o boleto ainda é uma opção muito buscada por pessoas que fazem compras online.

Além de permitir um desconto maior para pagamento à vista, ele também chega mais rápido a você, pois leva apenas alguns dias úteis para que o pagamento seja liberado na sua conta.

Embora a desvantagem desse meio seja o fato de o cliente pode desistir de adquirir o produto e simplesmente não pagar o boleto , continua sendo uma alternativa segura visto que o próprio documento vale como comprovante.

2. Cartão de crédito

O crescimento dos negócios virtuais tem feito o uso de pagamentos com cartão de crédito aumentar. Afinal, eles oferecem rapidez e facilidade, pois a compra é aprovada em segundos e também oferece opções de parcelamento.

Por isso, é importante que você ofereça a opção de cartão de crédito e que também verifique as taxas cobradas e os prazos para receber os pagamentos.

3. Cartão de débito

A vantagem do cartão de débito é poder receber o pagamento quase imediatamente. Além do mais, a opção também diminui a probabilidade do cliente pedir reembolso após a compra.

Porém, é preciso ficar atento ao escolher essa opção para o seu e-commerce, pois é necessário assinar convênio com instituições bancárias, e as taxas não costumam ser muito convenientes.

4. Transferência

A maior vantagem da transferência é o fato de não haver custos, pois ela é feita diretamente entre o cliente e o banco, de modo que você recebe o valor integral das vendas.

Embora alguns clientes possam relutar em pagar dessa forma, já que devem preencher seus dados bancários e arcar com as taxas de transações entre bancos, ainda é uma opção segura e simples.

5. Gateways

Pelos gateways de pagamento, o cliente pode inserir o dados do cartão que são enviadas às operadoras e instituições financeiras para confirmar se há limite ou se a compra pode ser aprovada.

A vantagem que esse meio pode trazer às lojas virtuais é a variedade de bandeiras disponíveis que o cliente pode escolher para pagar. Porém, é preciso fechar contratos com cada operadora de cartão, o que requer tempo e experiência.

6. Intermediadores

Intermediadores de pagamento atuam como uma ponte entre o consumidor, as instituições financeiras e as empresas. Dessa forma, não é necessário que você tenha contrato com as operadoras de cartões, pois o cliente efetua o pagamento diretamente à empresa que faz o intermédio, e esta faz o repasse ao banco que aprova o crédito, caso haja saldo ou limite.

Portanto, a vantagem dessa forma de pagamento está justamente na versatilidade, pois além das diversas opções oferecidas ao consumidor, também há sistemas antifraudes que protegem ambos os lados.

Claro que, em troca dessa comodidade, os gateways cobram taxas, de maneira que cabe a você decidir o quão vantajoso é, ou não, para o seu negócio.

Ao aplicar essas formas de pagamento, você poderá trazer mais vendas ao seu negócio virtual. Porém, lembre-se de que existem outros meios importantes, como os marketplaces. E para ficar ainda mais por dentro do assunto, descubra agora mesmo como o e-commerce e o marketplace funcionam na prática! Até a próxima.

Comentários
Share

A Hub2b conecta a sua marca com os maiores marketplaces. Conheça a ferramenta mais prática para gerenciar e automatizar a sua operação nos marketplaces.