Atributos de produtos no e-commerce e marketplaces

By:

Está achando cada vez mais difícil de conseguir que seus produtos sejam notados na “selva” da Internet? Difícil fazer com que eles apareçam no topo das buscas? É, não é fácil! Cada vez mais os compradores querem produtos que atendam às suas necessidades específicas. E eles estão encontrando e comprando essas mercadorias pesquisando atributos de produtos muito específicos.

 

A busca é e será cada vez mais específica

Veja o mercado de alimentos por exemplo. A Pesquisa de Tendências dos Compradores feita pela Label Insight em 2017 descobriu que quase metade dos consumidores dos EUA aderem a uma dieta específica. Mais de 40% têm intolerâncias ou sensibilidades que influenciam a maneira como compram alimentos.

Arrisco dizer que as pesquisas de produtos só serão mais específicas. Os consumidores de hoje são muito informados e têm pouco tempo. Eles estão prontos para comprar produtos com um clique, desde que saibam facilmente que é exatamente o que estão procurando.

A falta de informações suficientes interrompe a jornada do cliente e impede que os compradores concluam a compra. Portanto, para garantir que eles permaneçam no seu site e não procurem em outro lugar o que desejam, você precisa garantir que as páginas do seu produto estejam preenchidas corretamente com todos os detalhes necessários do produto.

 

Pense como seu cliente, identifique e preencha os atributos relevantes

Do ponto de vista de uma marca, os produtos devem ser navegáveis ​​e localizáveis. E comparável. E atributos são o que os fazem, porque são eles que os compradores em potencial pesquisam e comparam. Além disso, se um varejista vende multicanais ou internacionalmente, eles querem que seus itens bonitos e incrivelmente acessíveis sejam descritos sem detalhes negligenciados. E de preferência na mesma ordem, em cada plataforma. E talvez com os preços otimizados de forma inteligente para que suas vendas cresçam mais rapidamente.

Mas como identificar atributos que sejam relevantes para os clientes?

Ora ora, elementar meu caro Watson! Pense como um cliente!

 

Leia os comentários sobre seus produtos

Observe o que os clientes têm a dizer sobre como o produto é comparado às expectativas deles. Veja como eles estão usando o produto. Mantenha uma estimativa aproximada de quais atributos do produto (cor, tamanho, material, país de origem, marca etc.) surgem com mais frequência. Tem muita gente desapontada com o tamanho do item? Atualize os atributos do seu produto com medidas ou fotos que o mostram em comparação com outra coisa. Eles estão constantemente surpresos com o material de alta qualidade? Realce esse recurso incrível em seus atributos de produto!

 

Confira os produtos similares

Enquanto você está passando por cima dos comentários de seus produtos, por que não conferir o que os compradores têm a dizer sobre alguns itens semelhantes?

Observe que um produto similar está vendendo como pão quente? Algo trouxe todo esse tráfego para lá. Confira os atributos dos produtos que eles estão usando e veja se você pode aplicar o mesmo método às suas próprias listas de produtos.

 

Monitore a atividade do seu e-commerce

Quais termos os usuários estão digitando na barra de pesquisa de produtos? Quais atributos são selecionados com mais frequência nos menus suspensos na descrição do produto? Os visitantes do site estão expandindo suas seções de perguntas frequentes? Você está recebendo baixas taxas de visitantes? Que tal uma alta taxa de rejeição?

 

Dê aos compradores menos opções (a menos que eles queiram mais)

Tente descobrir se o seu cliente está fazendo compras a negócios ou a lazer e otimize seus atributos de produto a partir daí.

Em um artigo para o Journal of Consumer Research, os pesquisadores descobriram que os consumidores motivados pelo prazer desejam um grande número de atributos de produto para escolher. Aqueles com uma necessidade utilitária são satisfeitos por um menor número de atributos do produto.

 

Preencher os atributos dos produtos os torna detectáveis ​​e aumenta o SEO

Os clientes verificam a web procurando por produtos armados com suas armas mais poderosas: palavras-chave.

Adicionar uma descrição de título, as categorias adequadas e atributos relevantes ao seu produto é essencial para levar seus clientes de uma pesquisa do Google ou da barra de pesquisa do website até a página de compra.

Além disso, os metadados também ajudam os mecanismos de pesquisa a obter uma imagem melhor do que você, como varejista, oferece em cada página exata. Ao mesmo tempo, é possível adicionar filtros e categorizar os produtos mais facilmente.

 

E os atributos dos produtos ao vender nos marketplaces?

Praticamente todos os marketplaces já trabalham muito bem com os atributos dos produtos, acionando a grande maioria das dicas deste artigo.

É bem comum a disponibilidade dos atributos por categoria em cada marketplace, envolvendo desde atributos que definem a variação (de cor, de voltagem, de tamanho, entre outras), até os atributos que caracterizam o produto, incluindo a relevância e se os mesmos serão mostrados na página do produto ou apenas para filtro.

Entretanto, pouquíssimos marketplaces tem a preocupação em ajudar no preenchimento destes atributos, deixando isso à cargo de quem está enviando a ficha cadastral dos produtos.

E neste momento, não estamos falando de atributos considerados fixos da ficha cadastral como nome, descrição, largura, altura, EAN, peso e garantia; estamos falando de especificações do tipo Capacidade em Litros, Quantidade de Gavetas, Quantidade de Portas, e assim por diante.

O preenchimento dos atributos pode fazer a maior diferença para o seu produto aparecer no topo das buscas, nos resultados de filtragens específicas, e até mesmo diretamente em mecanismos de busca fora das páginas dos próprios marketplaces.

De outra forma, se o seu produto já estava cadastrado no marketplace quando você começou a vendê-lo, converse com o marketplace para que eles possam melhorar a ficha técnica do produto. Dizemos isso pois a maioria dos marketplaces não permite a atualização da ficha cadastral nem atributos de produtos que já foram cadastrados anteriormente e que já estão disponíveis para a venda.

Um bom Hub de Marketplace deve permitir que você insira estes atributos da melhor forma possível, aplicando sobre produtos individuais, em massa ou individual, por categorias e subcategorias, coleção, e até mesmo outros atributos. Além disso, deve lhes apresentar os atributos obrigatórios e não obrigatórios, inclusive suas opções de valor, conforme o disponibilizado pelo marketplace.

Sobretudo, além de um bom ranqueamento e visibilidade, o preenchimento adequado e substancial de atributos reflete ainda na redução do número de perguntas, devoluções e trocas, além de aumentar a credibilidade da sua marca, e aumentar ainda mais as suas vendas.

Veja também como a Hub2b trabalha com os atributos dos produtos NESTE ARTIGO.

Você resolve este problema de outra forma? Comente em nosso post!

Se você gostou deste conteúdo, clique no Gostei e inscreva-se para receber nossa newsletter mensal.

 

Comentários
Share

A Hub2b conecta a sua marca com os maiores marketplaces do mundo.