Vender produtos nos Marketplaces: saiba como!

By:

Os Marketplaces – sites que reúnem ofertas de produtos e serviços de diversos vendedores – são plataformas que funcionam como um shopping center onde é possível comparar várias opções de produtos, preços e lojas com muita agilidade. Muitos vendedores (lojistas ou varejistas) ainda não sabem como vender produtos nos Marketplaces ou não se sentem seguros para tal operação, uma vez que o processo é um pouco burocrático e trabalhoso. Além disso, para fazer parte de alguns destes canais de venda é necessário passar por uma seleção rigorosa.

Para facilitar a sua vida, fizemos um levantamento das principais etapas para começar a vender nos maiores Marketplaces nacionais.

 

1) Cadastro de parceiro

O primeiro passo é preencher o cadastro de parceiro dos Marketplaces. Geralmente, os formulários de cadastro estão disponíveis nos próprios sites deles. Para facilitar a sua vida, nós centralizamos todos os links neste local aqui.

2) Documentação necessária

Alguns Marketplaces exigem, além do cadastro no site, uma série de documentos legais. A documentação necessária varia em cada um. Para você ganhar tempo, providencie os seguintes documentos:

1 – Comprovante de Inscrição e Situação Cadastral perante a Receita Federal (CNPJ)
2 – Comprovante de Inscrição Estadual
3 – Declaração do regime de tributação
4 – Consulta Pública ao Cadastro do Estado (SINTEGRA – ICMS)
5 – Alvará de funcionamento do estabelecimento (localidade) que irá disponibilizar produtos
6 – Certidão Negativa de Débitos Tributários – Tributos Federais e Dívida Ativa da União
7 – Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas – CNDT
8 – Certidão Negativa de Débitos Previdenciários
9 – Certidão Negativa de Falência e Concordata – Estado(matriz e filiais)
10 – Certidão dos Distribuidores Cíveis do Estado sede
11 – Certidões dos Distribuidores Criminais do Estado sede (em face dos representantes legais e referentes ao CNPJ do Fornecedor)
12 – Certidão de distribuição de ações e execuções cíveis e criminais da Justiça Federal
13 – Contrato/ Estatuto Social atualizado (constituição e última alteração) + Certidão simplificada do SINREM (obtida na Junta Comercial do estado sede)

Já tenha estes documentos (cópias digitais) em mãos na hora do cadastro.

 

3) Aprovação

Após o preenchimento do formulário e o envio da documentação, o seu cadastro irá passar por um processo de aprovação (filtro, seleção, crivo). Cada Marketplace possui um método. Alguns aprovam de forma automática, logo após o cadastro, enquanto outros fazem uma seleção rigorosa, além da possibilidade de negociar a comissão sobre vendas.

Geralmente, após o cadastro e envio da documentação, o Marketplace entra em contato para dar sequência ao processo. Dica: tenha paciência, às vezes este processo demora MUITO!

 

4) Envio de produtos e Operação

Após a aprovação do seu cadastro, é hora de enviar os dados dos seus produtos e começar a operação de vendas no Marketplace.

Geralmente, a operação acontece da seguinte forma:

1 – Tudo começa pelo envio dos dados dos seus produtos ao Marketplace.
2 – O Marketplace divulga os seus produtos para milhares de visitantes.
3 – Os consumidores escolhem os produtos e realizam a compra, diretamente no Marketplace.
4 – O Marketplace envia para você os dados dos pedidos aprovados.
5 – Você se responsabiliza pela entrega dos produtos e, também, pelas trocas e devoluções.
6 – Finalmente, o Marketplace repassa mensalmente para você o valor referente às vendas do mês, recolhendo a comissão sobre vendas (negociada no processo de adesão).

Se você possui uma plataforma de e-commerce, é possível integrar seu sistema com os Marketplaces e enviar os produtos automaticamente, evitando o recadastramento de todos os produtos. Da mesma forma, a operação (recebimento de pedidos, atualização de estoque, envio de novos produtos, etc) também poderá ser integrada. Caso você queira fazer a gestão destes canais de forma manual e isolada, os Marketplaces fornecem algumas ferramentas para você enviar os produtos e controlar as vendas diretamente por lá.

 

5) Integração da sua loja com os Marketplaces

Vender produtos nos Marketplaces é uma atividade árdua e trabalhosa. São tarefas repetitivas que tomam o seu precioso tempo.
Para eliminar esse retrabalho, é possível integrar o sistema de gestão da sua loja (e-commerce/backoffice/ERP) com os Marketplaces. Desta forma, você consegue: enviar automaticamente os produtos que estão cadastrados no seu sistema para os Marketplaces; receber os pedidos dos Marketplaces diretamente no seu sistema; manter o seu estoque sempre atualizado; e, o melhor, sem alterar seu processo atual de vendas.

Apesar da complexidade e particularidade de cada Marketplace, atuar nestes canais é sucesso garantido para quem pretende alavancar suas vendas. O ponto principal é encontrar uma harmonia entre o consumidor, o marketplace e o lojista. Seguir os termos e condições de uso de cada Marketplace é essencial para um bom andamento do processo de venda e aceitação positiva do consumidor. Com isso, todos saem ganhando com os benefícios que esta modalidade de comércio eletrônico pode proporcionar.

Comentários
Share

A Hub2b conecta a sua marca com os maiores marketplaces do mundo.