4 dicas para uma gestão unificada entre e-commerce e marketplace

By:

Os marketplaces têm se tornado uma escolha acessível para os empreendedores que visam ampliar o negócio ou estender seu alcance. A visibilidade que essas plataformas apresentam é um grande atrativo e o baixo custo inicial é fator fundamental.

Outro ponto que promove o negócio é a simplicidade para inicializar as vendas nessas plataformas, o que faz com que os lojistas estejam presentes, geralmente, em mais de uma. No entanto, com o tempo, fica mais complexo gerenciar tantos marketplaces no mesmo instante, além da própria loja virtual.

Com isso, a gestão unificada pode ser uma excelente solução para que as tarefas do dia a dia fiquem ainda mais simples para os empreendedores. Por isso, você vai conferir nesse texto qual a importância desse recurso, quatro dicas de como fazer a gestão e como automatizar esse processo.

Preparado? Então, vamos à leitura!

Entenda a importância da gestão unificada

O modelo de negócio que o marketplace se tornou é atrativo para os mais variados perfis de negócios, que esperam se prover do grande alcance dessas plataformas para que aumente o faturamento, além de ser mais conhecida no mercado.

Geralmente, cada plataforma tem suas próprias características, que são solicitadas tanto no período de cadastro quanto no decorrer do tempo de permanência. Também é habitual que seja preciso comunicar quais produtos serão vendidos — inclusive informações técnicas dos produtos —, dados sobre os fornecedores, entre outros. Imagine ter de fazer esse processo em cada marketplace que for entrar? O procedimento será extenso e complexo, sobretudo na revisão das informações.

Já com a gestão unificada, você executará essas etapas uma única vez, e o melhor, de modo fácil e ágil. Independentemente de quantos marketplaces o seu negócio estiver inserido, com o recurso da gestão centralizada ficará mais simples administrar todos esses processos. E mesmo que sua empresa se junte a um marketplace ou crie outra loja virtual, terá a preferência de, futuramente, centralizar a gestão desses canais de venda.

Confira 4 dicas de como fazer a gestão unificada

Entendido como a gestão unificada é essencial para o sucesso do seu negócio, não poderíamos deixar de citar as 4 principais dicas que você precisa conhecer para que a centralização da administração seja feita de forma correta. Por isso, confira quais são!

1. Unifique seu inventário

Você ainda faz o controle do estoque do e-commerce e do marketplace separadamente? Tenha uma visão mais ampla do seu negócio e não enxergue como negócios separados. Por isso, separe um período para fazer com que o inventário seja unificado de maneira otimizada. Documente tanto a entrada quanto a saída de produtos e, se necessário, reponha de maneira rápida para não surgirem rupturas no estoque.

2. Deixe o estoque sempre atualizado

Se você já está estabelecido em um marketplace deve ter percebido como teve um aumento nos pedidos e, consequentemente, a alta rotatividade no seu estoque. Com o estoque já unificado, estabeleça uma rotina de atualizações para repor produtos com estoque baixo ou antecipar um possível aumento das vendas, especialmente em datas sazonais. Quanto mais cedo for definido esse hábito dentro da sua empresa, menor será o risco de não conseguir atender a demanda dos seus consumidores.

3. Defina um estoque mínimo

Estabelecer um número mínimo para o seu estoque significará que, se um produto atingir certa quantidade, será preciso efetuar um novo pedido. E conforme a continuidade dos pedidos, terá a chance de acontecerem novas negociações tanto de preços quanto de prazos junto aos fornecedores.

Esse tamanho mínimo pode ser determinado por meio da documentação feita de todas as realizações ocorridas com os produtos — saída e entrada. Se a mercadoria tem grande procura, é indispensável estabelecer uma margem de segurança para que esse item não termine.

O estoque mínimo dará uma garantia maior para que sua marca se adiante e faça o pedido para recomposição dos produtos. Além do monitoramento maior da quantidade de produtos, dará uma ideia de quais itens têm grande demanda.

4. Acompanhe os prazos dos fornecedores

O estoque com um número mínimo de produtos pode ser bem vantajoso do ponto de vista financeiro, mas se algo sair do controle, como em épocas de grandes promoções, sua empresa perderá grandes oportunidades de aumentar o faturamento.

Portanto, sempre fique em contato com os seus fornecedores para entender como é a dinâmica de prazos das entregas dos produtos e se organize para fazer a reposição de maneira correta. Uma dica é comparar os períodos atuais com os anteriores, pois isso dará uma visão ainda maior de como será o comportamento do mercado naquele instante.

Compreenda como a gestão unificada é realizada

Se você chegou até aqui já entendeu como a gestão unificada é essencial para o sucesso do seu negócio. De agora em diante, falaremos como realizará a gestão unificada de maneira eficiente e rápida tanto do seu e-commerce quanto do marketplace onde está inserido.

Estude o seu público

O primeiro item que deve ser analisado é qual o perfil da sua audiência que já consome seus produtos da loja virtual e qual é o público que frequenta os marketplaces. Essa análise profunda dará uma visão mais ampla sobre as possíveis diferenças entre os dois canais de venda. Entenda que essa verificação é necessária, haja vista que o marketplace atrai os mais variados tipos de pessoas e não necessariamente são os consumidores que sua marca está acostumada a atender.

Verifique a possibilidade de integração

Outro ponto que deve ser investigado é se a sua própria solução — sua loja virtual — e o marketplace consentem que a gestão unificada seja feita. Algumas plataformas ainda mostram medidas que podem tardar ou impossibilitar que sua loja compareça nos marketplaces. Já em outros casos, é preciso adquirir uma extensão que possibilite que seja feita essa gestão unificada.

Centralize a gestão internamente

Se o seu e-commerce foi de desenvolvimento próprio, ou seja, foi contratado um profissional para arquitetar o seu site, basta saber desse especialista se tem a chance de centralizar toda a gestão da loja virtual com o marketplace. Muitos marketplaces fornecem orientações para outras empresas que queiram integrar seus sistemas com a plataforma e, por isso, simplificam o trabalho dos profissionais encarregados de realizar essa ação.

É importante ressaltar que esse procedimento pode ter um alto custo, já que é utilizada uma mão de obra especializada e que dará uma solução totalmente personalizada. Por outro lado, já que será projetado de acordo com a sua necessidade, a centralização do gerenciamento será muito completa.

Contrate empresas especializadas

Se sua empresa não tem um grande orçamento para realizar essa unificação da gestão, existem outras que facilitam esse procedimento, chamadas Hubs de Marketplace. Utilizando das orientações fornecidas pelos marketplaces, essas empresas especializadas conseguem unificar toda a gestão de ambas as plataformas — sua loja virtual e os marketplaces.

Diferentemente da centralização feita de maneira interna, as empresas apresentarão soluções-padrão (embora customizáveis e flexíveis), mas nada impede de fazer adequações para suas necessidades.

Como visto ao longo do texto, a gestão unificada visa, principalmente, aumentar a produtividade da sua empresa como um todo. Assim, será mais simples administrar vários canais de vendas ao mesmo tempo, sem ter de direcionar recursos para ambas as plataformas.

Quer entender ainda sobre gestão unificada? Basta entrar em contato conosco que ficaremos felizes em atendê-lo!

Comentários
Share

A Hub2b conecta a sua marca com os maiores marketplaces do mundo.