Precisamos conversar sobre a gestão do seu e-commerce

By:

Todo dono de um negócio virtual quer que a sua loja seja bem conhecida pelo público e que a taxa de conversão de vendas dos produtos superem as expectativas, certo? Para conseguir isso, é preciso fazer uma boa gestão de e-commerce.

E quais são as práticas necessárias para geri-lo? Trazemos as principais aqui neste artigo para que você comece a aplicá-las hoje mesmo!

Invista no design e na funcionalidade do site

Independentemente do nicho, a cada dia nascem novas lojas virtuais, o que torna o mercado de e-commerce muito competitivo. Por isso, para que você se destaque, uma boa aparência é fundamental.

Quando falamos de design para e-commerce, ele não precisa ser muito bonito, mas deve proporcionar uma boa experiência à quem o visita. Por isso, as cores, as informações, as descrições dos produtos precisam ter uma estrutura simples e objetiva.

Isso vale tanto para a versão desktop quanto para mobile. Levando em conta que o número de compras feitas por celular também vem crescendo, é essencial que a sua loja virtual seja responsiva para dispositivo móveis e também que a navegação seja rápida.

Sites que levam até 3 segundos para abrir todo o seu conteúdo em celulares, tablets e afins costumam ter melhores resultados. Para que o seu também seja dinâmico, considere usar um AMP, isto é, uma tecnologia capaz de acelerar sites em suas versões móveis.

Faça um plano estratégico de marketing

Alguns proprietários de e-commerce pensam em começar a lucrar primeiro e, somente depois, investir marketing. Porém, para uma loja virtual vender, é preciso atrair visitantes e o meio de fazer adequadamente é a partir desse tipo de ação. Portanto, os investimentos de marketing para e-commerce devem ser feitos desde o começo.

O Marketing Digital é muito vasto, possui vários canais e ações que podem ser aplicadas. Porém, você não precisa usar todas no seu negócio e sim aquelas que atrairão o público certo à sua loja virtual. Por isso, o primeiro passo da estratégia é definir quem é a sua persona.

persona é um personagem semifictício que representa o seu cliente ideal. Portanto, damos a ela nome, idade, o que mais gosta de fazer, o que não gosta, quais são seus objetivos e suas dificuldades. Assim, toda ação de marketing deve ser voltado para a persona com a finalidade de atrair o público certo.

Uma vez que a persona está definida, fica fácil saber quais canais são os mais adequados para atingi-la: marketplaces, blog, redes sociais, lista de e-mail etc.

Defina metas para a gestão de e-commerce

As ações de marketing são voltadas a trazer mais resultados de venda para o seu e-commerce. Portanto, para traçar o caminho que leve ao faturamento ideal, é fundamental estabelecer metas para o seu negócio.

Quando falamos de metas, não nos referimos apenas à vendas, mas todas as formas de prospecção que farão uma pessoa adquirir o seu produto ou serviço. Para isso, a jornada de compra do seu cliente precisa estar clara dentro do funil de vendas.

O funil é formado por três partes:

  • topo do funil: é o momento em que a pessoa chega ao seu site ou blog após fazer uma pesquisa na web;

  • meio do funil: aqui, essa mesma pessoa começa a interagir com a sua empresa por meio de correio eletrônico, redes sociais, chats de atendimento, e afins;

  • fundo do funil: finalmente a pessoa decide realizar a compra do produto ou serviço;

Uma vez que o seu funil esteja montado, o próximo passo é definir as metas que podem ser:

  • número de visitantes que chegam por mês ao site;

  • número de leads geradas de modo a serem nutridas até se tornarem clientes;

  • quantidade de novos clientes e receita por mês necessários para o negócio;

Para alcançar esses números, algumas ferramentas são necessárias. Falemos sobre elas agora.

Adquira ferramentas de sucesso

Se você vai com frequência ao supermercado a fim de comprar um determinado tipo de produto, não ficaria feliz em receber um e-mail informando novidades sobre aquele produto? O mesmo ocorre com os seus clientes. É preciso conhecê-los muito bem para fazer as ofertas certas.

O CRM é a ferramenta ideal para isso. Seu nome vem da sigla de Customer Relationship Management, ou seja, é um software de gestão de clientes. Nele você tem a acesso às informações de todos os que fizeram contato com a sua loja, independentemente de haver feito uma compra ou não. Como o CRM também permite o envio de e-mails e ligações telefônicas, a sua comunicação com o público fica muito mais certeira.

E por falar em e-mails, caso você queira fazer um trabalho eficaz de e-mail marketing, considere também ter uma ferramenta de automação. Por meio dela é possível criar fluxos de nutrição para deixar a sua base de contatos mais engajada e levá-la ao ponto-chave do negócio: a venda.

Diminua o número de fornecedores

Alguns negócios virtuais precisam de diversos serviços que terminem na entrega do produto ao cliente: fabricante, transportadora, entre outras. Isso faz com que o gestor de e-commerce precise acompanhá-los separadamente, o que requer muita atenção e cuidado.

Gerir uma alta quantidade de fornecedores é complicado, pois cada um tem um preço e forma diferente de trabalhar. Por isso, a melhor solução é buscar empresas que forneçam serviços completos. Dessa forma, ao negociar com esses fornecedores, você reduz o número de empresas envolvidas, o que facilita a gestão.

Otimize a logística

A logística é crucial na gestão de um e-commerce. Além dela ser econômica, também corresponder a expectativa do cliente em relação a segurança e tempo de entrega. Por isso, leve em conta variadas opções para a logística do seu negócio.

Para entregas locais, bicicleta pode ser uma boa opção. Além de ser mais barata, não polui o meio ambiente.

Para outras cidades, avalie os custos dos Correios e das agências, sobretudo porque os contratos com elas podem oferecer descontos.

Se a sua demanda for muito grande, o ideal é usar transportadoras. Analise as opções e escolha a que melhor se adequa a sua empresa.

Gostou dessas práticas? Já aplica alguma delas na gestão de e-commerce da sua empresa? Então, nos conte como tem sido a sua experiência e deixe um comentário!

Comentários
Share

A Hub2b conecta a sua marca com os maiores marketplaces do mundo.