Como anda a qualidade do seu frete?

By:

Na semana passada a gente falou sobre a jornada de compra e como melhorá-la. Desde então, algumas coisas muito interessantes ocorreram no mundo do e-commerce, como a greve dos correios, por exemplo, que resultou na paralisação em 80% das agências da cidade de São Paulo. Assunto que nos leva ao seguinte tópico: FRETE DE QUALIDADE.

É muito comum ouvirmos pessoas reclamarem que não receberam suas encomendas ou que tiveram um produto extraviado. Não é atoa que hoje o e-commerce encontra-se como número #1 em reclamações, ultrapassando os canais de telecomunicações, que lideraram essa marca durante anos, segundo o Procon-SP.

O que acaba sendo reflexo dos serviços prestados pelos e-commerces. Um dos fatores muito importantes para decidir se uma experiência de compra foi ou não agradável para o consumidor é o frete. Até porque, obviamente, quando seu consumidor compra um produto ele deseja recebê-lo em sua casa.

 

Entregas além dos correios

Em muitas situações o lojista acaba se vendo em uma complicada situação: a entrega não pode ser pelos correios.

Isso pode acontecer por inúmeros fatores, desde uma greve até algumas restrições impostas pelos próprios correios. Você sabia que existe uma “lista negra” de coisas que os correios não entregam? Esta lista pode ser conferida no site oficial dos correios.

Uma ótima alternativa para situações como estas é a contratação de outras transportadoras. Porém, como existem inúmeras que são especializadas em e-commerce, fica inviável gerenciar todas elas em seu negócio. Você precisa ficar cotando cada uma ao despachar um pedido. Existem soluções que centralizam todas as transportados em um só lugar, ou seja, são hubs de frete ou gateways de frete, como nossos parceiros: a Intelipost, Melhor Envio, e Frenet.

 

Nem os correios nem as transportadoras entregam no endereço! E agora?

Esta é uma situação muito chata, mas que pode acontecer e você precisa estar preparado para lidar com situações neste sentido. Às vezes é muito simples, basta comunicar ao consumidor que a entrega não pode ser feita naquele endereço e que o produto deve ser retirado na agência mais próxima. Outra solução é pedir outro endereço como: trabalho, casa de amigos ou parentes próximos.

 

Tenha sempre um plano B

Apesar dos pesares, o serviço dos correios continua sendo o maior em extensão territorial no Brasil atualmente, podendo realizar a maioria das entregas do seu e-commerce. Porém, lembre-se que é sempre bom possuir uma carta na manga em meio a imprevistos.

Não podemos controlar as situações ao nosso redor, mas podemos controlar a forma com que reagimos a elas.

E aí, gostou do post?

A gente se preocupa bastante com a experiência de compra do consumidor e, pensando nisso, fornecemos uma ferramenta muito legal para otimizar o seu tempo, facilitando a gestão da sua loja nos marketplaces. Quer saber mais? É só conferir aqui.

Comentários
Share

A Hub2b conecta a sua marca com os maiores marketplaces do mundo.